Escrever uma carta ao Pai Natal

 

 

 

Por esta altura, é rara a criança que não escreve uma carta ao Pai Natal, com uma (geralmente extensa) lista de brinquedos que gostaria de receber como presente.

 

Se o seu filho, ainda não escreve a deste ano, incentive-o nesse sentido. Além de estimular e desenvolver o gosto pela escrita, esse gesto permite-lhe conhecer maior maior pormenor alguns dos gostos e preferências do seu filho.

 

No final, antes de a enviar, releiam-na em conjunto e discutam o seu conteúdo. Aproveite para sensibilizar o seu filho de que os presentes não são o mais importante da vida. Explique-lhe que existem crianças que não vão ter Natal e fale-lhe de como vivia esta quadra em criança. Estará, desse modo, a estreitar laços e a partilhar experiências que o seu filho não esquecerá, seguramente, no futiro.

 

Feliz Natal!