Portugueses preferem usar as redes sociais a escrever postais de Natal

Na hora de desejar boas festas, Portugal é um dos países da Europa que mais recorre às novas tecnologias nesta época festiva, em detrimento dos tradicionais postais de Natal, revela um estudo do Microsoft.


 

Segundo o estudo, mais de 97% dos portugueses admitem recorrer às redes sociais para enviar mensagens festivas à família e amigos, sendo que 85% confessam tirar as famosas selfies para o mesmo efeito e 55% admite que tira fotografias aos seus presentes de Natal.

 

O estudo revela ainda que a tecnologia assume um papel cada vez mais importante na rotina dos portugueses. Na pesquisa de vídeos e receitas para o jantar da consoada, as redes sociais e as plataformas online tornam-se essenciais para 91% dos inquiridos.

 

Os SMS também são outra forma comum de desejar boas festas com mais de 89% dos portugueses a usarem esta solução. Do lado oposto, a Áustria (30%) e a Suíça (34%) são aqueles que menos usam as novas tecnologias.

 

Na Europa cerca de 76% dos inquiridos diz recorrer às selfies com a família à mesa da consoada ou com os presentes que receberam na noite de Natal. Apesar de as chamadas de vídeo serem consideradas uma boa solução para comunicar com a família e os amigos, apenas 23% dos europeus utiliza este método.

 

O estudo da Microsoft revela ainda que mais de um terço dos europeus considera aceitável verificar emails ou mensagens de trabalho no dia de Natal. No entanto, a maior parte continua a respeitar o propósito deste dia, utilizando a tecnologia apenas para desejar felicidades aos mais próximos.